fbpx
FACE “BOOK” | Seus segredos revelados!
agosto 29, 2017

SUPER-MÃE | Blog

Super-Mãe é aquela que se torna desnecessária com o passar do tempo.

Não fique assustada! Esse texto não é o que parece…
Te convido a deixar todos os paradigmas de lado e viajar comigo: o que define uma super-mãe?
– será aquela que passa madrugadas insone com seu filho doente?
– ou a que trabalha em dois empregos para garantir o sustento do lar?
– talvez aquela que decidiu largar tudo e se dedicar integralmente ao seu novo papel?

Tenho certeza que todas nós fazemos TUDO que podemos para que nossos filhos sejam atendidos em TODAS as suas necessidades. Nos desdobramos em duas, em três, em quantas forem necessárias para que eles tenham tudo que precisam, certo?
Mas ser super-mãe é mais que isso.

Ser super-mãe é:
• estabelecer rotinas, regras, horários
A super-mãe ensina aos filhos que a vida exige responsabilidade e ordem. Que existem datas para entregas de trabalhos, datas para provas, e que não existe “jeitinho” quando algo não foi feito no prazo.
Ela mostra que o mundo não gira ao redor dos seus umbigos e que precisam prestar contas sobre seus atos.
• dizer “não”
A super-mãe não atende a todos os desejos dos filhos. Não dá presentes sem motivo, ensina o valor do dinheiro.
Ensina aos filhos sobre contentamento e resiliência.
• pensar holisticamente
A super-mãe sabe que seus filhos são seres humanos completos e precisam de uma alimentação balanceada (nada de fast food todo dia), hábitos saudáveis (atividade física, hidratação, tomar sol, brincar ao ar livre), horas de sono (sim, uma criança precisa dormir 8h por noite), e controle emocional.
• delegar
A super-mãe ensina que as tarefas domésticas devem ser executadas por todos e que a família é como um “time”, um sistema orgânico onde todos cooperam para o bem comum.
• deixar um legado
A super-mãe passa aos seus filhos os valores imutáveis da vida, como civilidade, ética, honra. Respeito às autoridades e às regras. Saber pedir perdão, saber perdoar. Amar e ser amado.

Ser super-mãe dá um super-trabalho!!!
Mas o que a super-mãe ganha com isso? Ela se torna desnecessária e necessária!
Desnecessária porque cria filhos maduros, responsáveis, independentes. Seres humanos completos, com corpo, alma e espírito equilibrados e saudáveis. Com a auto-estima elevada, não cedem às pressões do grupo, mas se tornam formadores de opinião.
E ao mesmo tempo, se torna super necessária no amor, no carinho e na compreensão, frutos de uma interdependência linda entre mãe e filhos, essencial para o desenvolvimento físico e emocional de toda família.

Ah! A super-mãe, às vezes, é confundida com a “chata”. Mas isso faz parte do papel de ser…. super!

Carla
Carla
Carla Machado é casada com Ronald há 17 anos e é mãe da Lisa, do Levi e da Laís. É palestrante e coach de pais com especialização em Eneagrama, certificada pela International Enneagram Association.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *